Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime

Ir em baixo

Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime Empty Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime

Mensagem por Ero D. Johnatan em Dom Ago 03, 2014 10:25 am

Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime Japao-Pirataria-2014

E de novo o governo japonês declara guerra mundial contra os meios “alternativos” de ver animes e mangás. Dessa vez o ataque é mais específico e massivo, sendo que os principais alvos são os de streaming online e download sem autorização.

A iniciativa partiu do METI (Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão) e de mais 15 empresa de produção de animes e mangás. Recebendo o nome de MAGP (Manga Anime Guardians Project), a ação apresentou um documento do ano passado, da Agência de assuntos culturais japonesas, revelando que, contando apenas os sites chineses, houve uma perda de 5,5 bilhões de dólares e esse número já ultrapassa os 19 bilhões esse ano.

As medidas começaram a ser tomadas no dia 1° de agosto, com duração estimada de 5 meses e miram todos os sites que distribuem de forma ilegal 580 títulos divulgados em uma lista pelo METI, onde 500 são de animes e 80 de mangás. Entre eles: Naruto, Hunter x Hunter, One Piece, Pokémon, Sailor Moon, Ataque dos Titãs, Bleach, Fairy Tail e Toriko.

O Manga-Anime Anti-Piracy Committee, grupo que se responsabiliza pelo adiantamento do processo, produziu um vídeo agradecendo a todos os fãs dos quadrinhos e animações japonesas. Confira:


Além do vídeo, foi criado um site onde os usuários podem encontrar maneiras oficiais para acompanhar os títulos citados.

A julgar pelos nomes já mencionados, e os demais que conferem no site, podemos ver que empresas como as gigantes dos mangás Shueisha e Kodansha aderiram a causa, assim como vários estúdios e produtoras de animes.

Entendendo pelo lado dos nipônicos, as perdas famigeradas pela distribuição não autorizadas são astronômicas, nas contas deles, o que não é segredo há muito tempo. Com essas medidas, visam alcançar os lucros que estão deixando de ser somados. Entretanto, essas normas podem acabar provocando o efeito contrário, já que a imensa parte da divulgação das obras dá-se por meios ilegais que são inúmeras vezes mais facilitados que os tradicionalmente pagos. Vale mencionar, também, as nações que tem extremas políticas de censura em relação ao conteúdo que vem de outros países. Estes sofrem para conseguir alguma coisa até com (restrito) acesso a internet.

Portanto, a questão é se a exclusão total das formas “alternativas” de obtenção é a melhor saída para aumento do lucro, que não é pequeno, das empresas envolvidas na produção desse tipo de conteúdo.

Há quem diga que tudo isso não irá vingar, já que pouco o Japão pode fazer em relação a conteúdos sem servidores em seu território e que projetos semelhantes foram já derrubados. Essa não é a primeira vez que o governo japonês tenta erradicar a pirataria, entretanto, nunca antes tantas empresas se uniram para tal coisa. Inclusive, a expansão dos animes para outros países e continentes deu-se, também, por conta de medidas fracassadas de contenção no país, acabando em investimento internacional. Será que dessa vez eles conseguirão o que querem? Que tipo de contramedidas surgirão em resposta a isso? Resta esperar.

Fonte: ANMTV




Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime Ya2l

Obrigado pela sign e avatar Babi. ^^

Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime 34079090136741059343_zps8216411a

Vlw Pedrow pela sing!

Convidado ajude a movimentar a Prateleira de Mangás AQUI!


Group Mugiwaras:
Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime Signmugiwarasv4byego


Blogger Team:
Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime C12k39i
Ero D. Johnatan
Ero D. Johnatan
Ero Diretoria / Boss PM / Sub Boss Blogger
Ero Diretoria / Boss PM / Sub Boss Blogger

Masculino Mensagens : 7453
Data de inscrição : 03/08/2011
Idade : 105
Localização : Gourmet World :D

Voltar ao Topo Ir em baixo

Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime Empty Re: Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime

Mensagem por Janus em Seg Ago 04, 2014 8:16 am

Vamos lembrar que esse tipo de pirataria não reflete bem o que eles não recebem, mas o que receberiam caso os contratos, publicação e distribuição fossem feitos. Como praticamente todos estes titulos são obtidos de graça pela internet, na verdade esse dinherama todo não está indo para lugar nenhum. Ou seja, não é uma perda, mas um desperdicio de potencial ganho monetário. Eles PODERIAM ganhar isso caso oferecessem a um preço baixo esses titutlos ao resto do mundo pela internet.

Já existem alguns sites que oferecem animes e mangas a baixo custo mensal (voce paga uma mensalidade e pode ver qualquer titulo ali, e são sites OFICIAIS, não piratas - mas não tem todos os titulos por questão de direitos). Assim, apenas bloquear/remover essas obras dos sites não ajuda muito a eles receberem algo. Eles teriam que fazer alguma campanha para icentivar essa turma toda viciada em mangá a dispor de vontade para pagar pelo que querem ver (não sei o preço agora, mas um destes sites oferecia por algo em torno de 15 reais por mes).

Também tem a questão de que a esmagadora maioria desta pirataria é tradução feita por fans. Verdade que alguns sites até conseguem certo lucro(ocasional) com doações, mas não é grande coisa. Nada proximo desta cifra astronomica que calcularam. E para mangas, ao menos o manga fox bloqueia o acesso de paises cujos titulos são oferecidos nestes. assim EUA não podem ver naruto ou fairy tail no site. O mesmo pode ocorrer no brasil caso a editora entre em contato com eles.

A verdade é que não há solução classica para isso. No fim ou a fonte geradora morre (ou seja, estudios fecham porque perdem venda e ficamos chupando o dedo) ou se encontram uma maneira de  se adaptar, como ocorreu com os estudios de musica, esta ocorrendo com os de filmes e livros.

No caso especifico do Japão, como seu mercado é interno e a turma tem essa gana para colecionar, teoricamente o efeito monetário ainda é baixo. De novo, não estáo perdendo 19 bilhoes, estão desperdiçando a chance de ganhar essa quantia por não controlar este mercado. Conseguir impedir essa pirataria só fará bem para o ego dos possuidores dos direitos, não para o bolso deles.

Mas vamos lembrar que o ego humano tem valor quase sempre superior ao do bolso.
Janus
Janus
Ero Sub Boss FT
Ero Sub Boss FT

Masculino Mensagens : 807
Data de inscrição : 14/09/2010
Idade : 53
Localização : S B DO CAMPO

http://fanfiction.nyah.com.br/janus

Voltar ao Topo Ir em baixo

Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime Empty Re: Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime

Mensagem por Ero D. Johnatan em Qui Ago 14, 2014 12:10 am

Tópico Bloqueado

Esse tópico está sendo bloqueado por estar em inatividade de 10 dias.

Se alguém possuir algo de valor à acrescentar ao tópico, procure os responsáveis pela área ou um dos moderadores para solicitar a reabertura.

Atenciosamente, Ero D. Johnatan




Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime Ya2l

Obrigado pela sign e avatar Babi. ^^

Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime 34079090136741059343_zps8216411a

Vlw Pedrow pela sing!

Convidado ajude a movimentar a Prateleira de Mangás AQUI!


Group Mugiwaras:
Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime Signmugiwarasv4byego


Blogger Team:
Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime C12k39i
Ero D. Johnatan
Ero D. Johnatan
Ero Diretoria / Boss PM / Sub Boss Blogger
Ero Diretoria / Boss PM / Sub Boss Blogger

Masculino Mensagens : 7453
Data de inscrição : 03/08/2011
Idade : 105
Localização : Gourmet World :D

Voltar ao Topo Ir em baixo

Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime Empty Re: Governo japonês combate meios “alternativos” de assistir anime

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum